Área de Associados

Editorial

BEM VINDOS AO GUIA EXCLUSIVO DAS JANELAS EFICIENTES

É com grande prazer que fazemos chegar às suas mãos a primeira edição do Guia Exclusivo das Janelas Eficientes, uma parceria da ANFAJE e da revista Vida Imobiliária!

Mais do que reconhecer e apresentar os melhores da fileira industrial, queremos discutir os desafios de uma indústria que contribui de forma clara e decisiva para a economia nacional e que está no centro do grande desafio dos nossos dias, em especial para os que estamos no setor imobiliário – construir cidades humanas e sustentáveis.

A ANFAJE foi a primeira associação de uma fileira industrial a dar um passo muito importante, num compromisso de auto-regulação, que foi apostar na primeira certificação energética de materiais, em colaboração com a ADENE, a agência que regula a eficiência energética de edifícios em Portugal.

A aposta na sustentabilidade dos edifícios e das cidades portuguesas marcam o compromisso da ANFAJE com a sociedade e são pedra de toque da publicação que tem nas suas mãos.

Uma palavra especial de agradecimento às empresas associadas da ANFAJE que ao se associarem a um esforço de indústria, permitem um Guia Exclusivo que beneficia, além das suas próprias empresas toda a imagem de uma fileira!

Desejamos a todos uma boa leitura e bem-vindo ao mundo das Janelas Eficientes!

  

MAIS JANELAS EFICIENTES EM PORTUGAL

O crescimento da reabilitação urbana e do turismo, a retoma na construção de novos edifícios e a existência de maiores exigências legais ao nível do isolamento térmico dos envidraçados exteriores, têm contribuído para o crescimento da atividade das empresas do Setor das Janelas, Portas e Fachadas leves. Com a sua reconhecida capacidade e competência, as empresas do nosso setor têm vindo a dar um contributo indispensável para a melhoria do conforto térmico e acústico dos edifícios portugueses e para a melhoria da sua eficiência energética. No entanto, apesar do clima ameno de Portugal, o nosso país continua a estar classificado como um dos países da União Europeia com maiores índices de pobreza energética e menor conforto térmico dentro dos edifícios. De facto, e atendendo aos dados presentes em 1,3 milhões de certificados energéticos emitidos, sublinha-se que cerca de 1 milhão de janelas instaladas correspondem a caixilhos ineficientes com vidro simples. Continuamos a ter, em Portugal, cerca de 3,5 milhões de fogos com a necessidade substituir as janelas antigas por novas janelas eficientes.

Por este motivo, existe ainda um longo caminho a percorrer para dar maior conforto aos habitantes e utilizadores dos edifícios. Um caminho que deve ser alicerçado numa estratégia nacional que possibilite o lançamento e execução de políticas, programas e medidas públicas que permitam melhorar o conforto dos edifícios portugueses, conforme as exigências das diversas diretivas e regulamentos europeus, nesta área. Nesse sentido, e para responder positivamente às necessidades de conforto e aos novos requisitos, é indispensável o fornecimento e a instalação de produtos (janelas, portas e fachadas) mais eficientes, térmica e acusticamente, dotados de etiqueta energética CLASSE+.

É por isso que as empresas do nosso setor são reconhecidas pela sua enorme capacidade de responder aos mais exigentes projetos, quer em Portugal, quer no mercado internacional. Um caminho de prestígio e de reconhecimento pelo investimento na inovação e na qualidade, no lançamento permanente de novos produtos e serviços, acompanhados pela competência dos seus colaboradores.

Assim, com o objetivo de dar a conhecer a excelência das empresas portuguesas, a ANFAJE lança este primeiro Guia das Janelas Eficientes com um objetivo principal: continuar a promover e a divulgar as vantagens das janelas, portas e fachadas leves eficientes e o seu enorme contributo no aumento do conforto térmico e acústico.

Um contributo indispensável no aumento da eficiência energética dos edifícios para que possamos ter mais janelas eficientes em Portugal.