Área de Associados

SMART DOORS 2018

Organizada pelo IFEMA, a Feira SMART DOORS decorrerá nas mesmas datas que a SICUR, Salão Internacional da Segurança, de 21 a 23 de fevereiro, no pavilhão 2 da Feira de Madrid.

Em paralelo com a apresentação dos avanços tecnológicos mais recentes, desde o design à segurança, passando pela acessibilidade e integração arquitectónica, que oferecem as empresas de ponta do sector das portas e automatismos, nesta primeira edição da feira, haverá também lugar para um fórum de análise e debate, as «Jornadas Técnicas», que durante tres dias versarão sobre a actualidade do sector das portas e automatismos: domótica, segurança, a directiva RED, a certificação AENOR para instalação e manutenção, a marcação CE nas portas e a etiquetagem de eficiência energética.

 

O programa terá o seu início pela manhã do dia 21 de fevereiro, quarta-feira, com a Jornada Intitulada Domótica, Evolução Tecnológica na Construção” com a participação do Dircetor do Mestrado de Arquitectura Inteligente UCAM, Eduardo Suller, que se debruçará sobre os últimos 25 anos da evolução dos sistemas de Domótica para casas e edifícios, assim como dos diferentes protocolos, próprios ou standard, organizações e normativas e a análise da situação de um mercado que se espera consolidar nas próximas décadas.

O segundo assunto do dia será dedicado à “A Directiva RED e o seu impacto no mercado dos equipamentos via rádio” que será moderado pelo Chefe da Área S.G. Inspecção das Telecomunicações do Ministério da Energia, Turismo e Agenda Digital, Luís Miguel Fidalgo. O objectivo desta jornada é dar conhecimento às diferentes empresas das suas obrigações e exigências para colocar no mercado espanhol estes produtos, obedecendo às directrizes orientadoras e das mudanças que estabelece a Nova Directiva (2014/53/UE de 13 de junho) e que foi desenvolvida no Novo Quadro Legislativo, criado no ano de 2008 para incorporar este tipo de produtos a uma legislação harmonizada.  

Quinta-feira, 22 de fevereiro, será dedicada ao tema "Certificado de Empresa de Instalação e Manutenção AENOR" numa sessão dirigida por um Técnico de Certificação de AENOR Internacional, onde será apresentado o sistema particular de certificação de empresas instaladoras e Manutenção de portas AENOR.

O programa da Jornada de quinta-feira encerra com uma comunicação sobre Segurança nos Produtos de Construção por parte do Responsável da Área de Segurança Industrial do Ministério da Indústria, José António Delgado.

Durante a sexta-feira, 23 de fevereiro, haverá uma Conferência técnica sobre “Coexistência da marca CE nas portas”, com a intervenção do representante de APPLUS, Albert Ger que irá explicar detalhadamente o processo de obtenção, as exigências técnicas, os benefícios do produto a declarar pelo fabricante, as considerações necessárias da inspecção/auditoria e os ensaios necessários. Também se informará sobre os agentes intervenientes e as suas tarefas e respectivas responsabilidades (o Organismo Notificado, Laboratório de Ensaios, Fabricante, Distribuidor, Importado, etc.) e sobre o tipo de documentação que deve ser requerido a todo o fornecedor para aceitar uma MARCAÇÃO CE e as responsabilidades em caso de não ser válido ou de não existir.

A segunda sessão na sexta-feira, abordará a "Rotulagem da Eficiência Energética para portas automáticas", por parte do representante da MEQUONIC, Miguel Pérez, que incidirá sobre o impacto do consumo de energia das portas num edifício e as contribuições fundamentais de uma porta termicamente optimizada e bem isolada com um sistema de automatização inteligente para a eficiência energética do edifício num todo.